Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Após dois anos, Itaú conclui fusão com CorpBanca no Chile

Negócio anunciado em janeiro de 2014 foi concretizado após a obtenção de todas as aprovações de sócios e órgãos reguladores

Fátima Laranjeira, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2016 | 21h05

A fusão das operações entre o Banco Itaú Chile (BIC) e o CorpBanca foi concretizada nesta sexta-feira, 1º, após a obtenção de todas as aprovações societárias e regulatórias necessárias. O negócio foi anunciado em janeiro de 2014.

Como consequência da união das operações, o Itaú Unibanco passa a controlar o banco resultante da fusão, o Itaú CorpBanca, com participação de 33,58% em seu capital social.

Também nesta sexta-feira, o Itaú Unibanco firmou o acordo de acionistas do Itaú CorpBanca com o Corp Group, que estabelece que os dois têm o direito de indicar membros do conselho de administração do Itaú CorpBanca de acordo com suas participações no capital social, tendo esse bloco de acionistas a prerrogativa de eleger a maioria dos membros do conselho de administração e o Itaú Unibanco, o direito de eleger a maioria desse bloco.

Os presidentes dos conselhos de administração do Itaú CorpBanca e de suas subsidiárias serão indicados pelo Corp Group e seus vice-presidentes pelo Itaú Unibanco. Os executivos do Itaú CorpBanca e de suas subsidiárias serão propostos pelo Itaú Unibanco e ratificados pelo conselho de administração do Itaú CorpBanca.

"O acordo de acionistas garante o exercício do controle do Itaú CorpBanca pelo Itaú Unibanco, prevê o direito do Corp Group de aprovar, em conjunto com o Itaú Unibanco, algumas matérias estratégicas do Itaú CorpBanca e contém disposições sobre a transferência de ações entre Itaú Unibanco e Corp Group e também para terceiros", informa o Itaú em fato relevante.

Segundo o banco, a conclusão da fusão representa um importante passo no processo de internacionalização do Itaú Unibanco e em seu intuito de tornar-se um banco líder na América Latina. "Com a concretização da operação, o Itaú Unibanco passa da sétima para a quarta posição no ranking de maiores bancos privados do Chile em termos de empréstimos e ingressa no mercado colombiano de varejo financeiro através do Banco CorpBanca Colombia, quinto maior banco local em termos de empréstimos e o qual também passará a operar sob a marca 'Itaú'", ressalta.

O Itaú afirma ainda que, por meio dessa operação, o banco e o Corp Group criam uma plataforma para crescimento e busca de novas oportunidades de negócios no setor financeiro no Chile, na Colômbia, no Peru e na América Central.

"Estima-se que a materialização dos ganhos decorrentes das oportunidades comerciais e sinergias operacionais geradas com a fusão ocorra nos próximos anos, não gerando impactos financeiros relevantes em 2016", diz o Itaú.

A partir de hoje, o Itaú CorpBanca será consolidado nas demonstrações financeiras do Itaú Unibanco, acrescentando aproximadamente R$ 117 bilhões (dezembro de 2015) de ativos em seu balanço.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    BICChileColômbiaPeru

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.