Reuters
Reuters

Após dois anos, vendas do McDonald's nos EUA voltam a crescer

Lucro da rede de restaurantes subiu para US$ 1,31 bi no terceiro trimestre; receita recuou, afetada por impactos cambiais

O Estado de S. Paulo

22 de outubro de 2015 | 14h10

O lucro líquido do McDonald's subiu para US$ 1,31 bilhão (US$ 1,40 por ação) no terceiro trimestre deste ano, de US$ 1,07 bilhão (US$ 1,09 por ação) no mesmo período do ano passado. A receita recuou 5,3%, para US$ 6,62 bilhões, mas teria crescido 7% excluindo impactos cambiais. Os resultados superaram as estimativas dos analistas, que previam lucro por ação de US$ 1,27 e receita de US$ 6,41 bilhões. 

Nos EUA, as vendas aumentaram 0,9% no terceiro trimestre, contrariando a queda de 0,2% esperada por analistas. A empresa afirmou que esse foi o primeiro aumento trimestral das vendas nos EUA em dois anos. Em termos globais, as vendas no conceito mesmas lojas (lojas abertas há um ano ou mais) cresceram 4%, também acima da alta de 1,9% prevista.

O McDonald's está trabalhando para fortalecer seus negócios fragilizados nos EUA. A empresa tomou diversas medidas, incluindo oferecer menu de café da manhã durante todo o dia, permitir que mercados regionais desenvolvam seus próprios produtos e dar mais ênfase para a qualidade e o frescor dos ingredientes. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Mais conteúdo sobre:
McDonald'sbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.