Apple: balanço do 4ºtri depende de vendas do iPhone

Como ocorreu em outros períodos recentes, o resultado da Apple em seu quarto trimestre fiscal dependerá das vendas do iPhone.

Agencia Estado

28 de outubro de 2013 | 13h48

A Apple, que divulga números do trimestre após o fechamento dos mercados em Nova York, atraiu críticas amplamente favoráveis e longas filas para o novo modelo do smartphone, o iPhone 5S, lançado em setembro. Na ocasião, a empresa também apresentou o iPhone 5C, versão mais simples e barata do aparelho, com capa traseira feita de policarbonato.

A procura pelo iPhone fez lembrar os dias de glória da Apple sob o comando de Steve Jobs, o cofundador da empresa morto em 2011.

Analistas preveem que a Apple divulgará nesta segunda-feira, 28, lucro por ação de US$ 7,94, sobre vendas de US$ 36,9 bilhões. Isso se traduz em ganhos de cerca de US$ 7,2 bilhões, com margem bruta de 36,9%.

Os investidores acompanham o iPhone de perto e por um bom motivo: o aparelho foi responsável por mais de metade da receita da Apple nos nove meses encerrados em junho. A empresa não divulga detalhes de lucro por linha de produtos, mas estima-se que o iPhone gere uma fatia pelo menos semelhante de seus ganhos.

Foi o iPhone que transformou a Apple na gigante da tecnologia que é hoje, com vendas estimadas em US$ 170 bilhões no recém-terminado ano fiscal e capitalização de mercado de US$ 478 bilhões. Às 13h33 (de Brasília), as ações da empresa tinham alta de 0,2%, a US$ 526,96, em Wall Street.

Como o iPhone 5S começou a ser vendido perto do fim do trimestre, o último modelo não deverá ter grande impacto sobre o desempenho financeiro da Apple até o relatório de janeiro.

A teleconferência da Apple sobre o balanço do quarto trimestre fiscal está marcada para as 19h (de Brasília). Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
applebalanço4º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.