Arcelor suspenderá fábrica nos EUA; 950 serão dispensados

Companhia foi afetada pela queda na demanda de ferro; funcionários ficarão afastados por no mínimo 6 meses

Danielle Chaves, da Agência Estado,

12 de maio de 2009 | 18h05

A ArcelorMittal, que enfrenta uma forte queda da demanda em vários mercados, informou que vai paralisar as operações de produção de minério de ferro no complexo Indiana Harbor West, nos EUA, e dispensar 950 funcionários da unidade até que as condições do mercado melhorem.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

 

"Essa foi uma decisão difícil de tomar, mas a companhia está sendo forçada a responder ao extraordinário ambiente econômico que estamos enfrentando. Nós vamos monitorar cuidadosamente a situação e estamos ansiosos para que muitos de nossos empregados voltem ao trabalho logo que as condições do mercado permitirem", disse a companhia em um comunicado.

 

Os trabalhadores provavelmente serão dispensados por, no mínimo, seis meses. A ArcelorMittal está paralisando as operações para ajustar a produção à demanda, que se enfraqueceu nos setores automotivo, de construção e outros. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
crise financeiraEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.