ArcelorMittal Brasil tem lucro de R$ 379,7 mi em 2013

A ArcelorMittal Brasil anunciou nesta sexta-feira, 28, que obteve um lucro líquido consolidado de R$ 379,7 milhões em 2013, revertendo, assim, um prejuízo líquido de R$ 878,2 milhões registrado em 2012. "Desde 2011, o Brasil experimenta uma desaceleração do seu crescimento. Até 2013, no entanto, ela se manifestou de maneira mais branda nos segmentos onde a empresa atua", diz documento que acompanha o seu demonstrativo financeiro.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

28 de março de 2014 | 12h25

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado ficou em R$ 3,4 bilhões, aumento de 41% em relação ao visto um ano antes. De acordo com a empresa esse incremento ocorreu devido à recuperação do mercado de aços planos e pela manutenção do ritmo de crescimento dos principais mercados consumidores de aços longos. A receita líquida consolidada, por sua vez, somou R$ 16,6 bilhões ano passado, alta de 6% sobre um ano antes.

No segmento de Aços Planos da ArcelorMittal Brasil, a produção anual de aço bruto aumentou de 4,39 milhões para 4,43 milhões de toneladas anuais em 2013. O volume de vendas atingiu 4,21 milhões de toneladas, recuo de 1% em relação a 2012.

Já a divisão de Aços Longos no Brasil foi beneficiada pelo dinamismo do setor de construção civil e do crescimento da indústria, informou nesta sexta a ArcelorMittal. O volume de vendas de aços longos e de produtos trefilados da ArcelorMittal Brasil cresceu 3% em 2013, subindo de 3,47 milhões para 3,56 milhões de toneladas anuais. A produção, por sua vez, subiu de 3,42 milhões de toneladas em 2012 para 3,51 milhões de toneladas anuais.

"Renovamos a confiança no crescimento sustentável dos negócios no Brasil em 2014. O cenário macroeconômico apresenta alguns sinais que poderão gerar novos desafios", afirmou a Arcelor em documento.

Tudo o que sabemos sobre:
balançoArcelorMittal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.