Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

ArcelorMittal desliga fornos de usina em Luxemburgo

A ArcelorMittal anunciou nesta terça-feira que desligará temporariamente dois fornos elétricos e duas unidades de laminação de sua usina de aços longos em Luxemburgo, medida que afetará 450 empregados.

REUTERS

27 de setembro de 2011 | 11h00

A decisão se deve à fraca demanda do setor de construção no norte da Europa, afirmou a produtora de aço.

"Esta é uma medida temporária, e a decisão será reavaliada no fim de 2011", afirmou a ArcelorMittal em comunicado. "Todas essas medidas afetarão 450 empregados, que entrarão em um programa de redistribuição interna."

A companhia tinha afirmado na segunda-feira que poderia parar as operações na unidade.

No começo do mês, a empresa tinha anunciado que pararia dois alto fornos em outubro, um em Eisenhuettenstadt (Alemanha) e outro em Florange (França) por causa da fraca demanda na Europa.

Outros produtores europeus também poderão ser forçados a cortar capacidade nos próximos meses, depois de produzirem volumes elevados no primeiro semestre deste ano, em meio a um ambiente de demanda fraca, preços sob pressão e desestocagem por clientes.

Em 2010, a ArcelorMittal produziu 92,629 milhões de toneladas de aço, das quais 37 por cento no oeste da Europa e 11 por cento nas regiões central e leste do continente.

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAARCELORMITTAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.