Areva assina contrato para construir reator em Angra 3

A companhia francesa de energia nuclear Areva informou nesta quinta-feira, 07, que assinou um contrato de 1,25 bilhão de euros com a Eletrobras Eletronuclear para a conclusão da construção de um reator para a usina de Angra 3, no Rio. A Areva vai fornecer equipamentos e serviços de engenharia, além de instrumentação digital e sistema de controle.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

07 de novembro de 2013 | 16h25

"A Areva está orgulhosa de ter sido selecionada para a conclusão da construção do terceiro reator nuclear brasileiro e continuar a colaboração com a Eletrobras, que começou com a construção e fornecimento de serviços de reator para Angra 2", disse o presidente e executivo-chefe da Areva, Luc Oursel, em comunicado.

Segundo a companhia francesa, o design de Angra 3 integra os últimos avanços tecnológicos para reatores nucleares, especialmente em termos de segurança, após o acidente em Fukushima, no Japão, em 2011.

Tudo o que sabemos sobre:
Angra 3Areva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.