Arezzo planeja abrir fábrica de bolsas no RS

A Arezzo avalia a abertura de uma fábrica no Rio Grande do Sul apenas para a produção de bolsas, disse ontem (4) o presidente da empresa, Alexandre Birman. O objetivo da nova fábrica é reduzir a dependência que a Arezzo tem da importação nesse segmento. Birman disse, em fórum realizado ontem (4) pela reportagem, que cerca de 65% das bolsas vendidas pela companhia são importadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.