Argentina: produção de grãos pode atingir 100 milhões/t em 2011

São Paulo, 28 - A produção de grãos e oleaginosas da Argentina pode atingir a marca de 100 milhões de toneladas na safra 2011/2012. A estimativa é de Gustavo Lopez, economista da Fundación Producir Conservando. Em 2003/04 o país produziu 68,1 milhões de toneladas desses produtos. Das 100 milhões de t, 44,7 milhões de toneladas serão de soja, ante 32 milhões de t colhidas em 2003/04. A produção de milho e trigo deverá atingir 23,6 milhões e 17,4 milhões de toneladas, respectivamente. Na safra 2003/04 a Argentina colheu 13 milhões de t de milho e 12,3 milhões de t de trigo, de acordo com dados da Secretaria de Agricultura. A produção de semente de girassol deverá passar de 3,7 milhões de t em 2003/04 para 7,85 milhões de t em 2011/12. A produção de sorgo e de outros produtos elevará o total a quase 100 milhões de t. "Na hipótese de termos a máxima área e produtividade possíveis podemos chegar a cem milhões de toneladas", disse Lopez. Cerca de dois terços da produção deverá ser gerada nas províncias de Buenos Aires, Córdoba e Santa Fé. Se a estimativa tornar-se realidade, o valor das exportações de grãos, oleaginosas e produtos relacionados poderá quase atingir US$ 15 bilhões, ante US$ 8,6 bilhões em 2001/02. A Argentina é o terceiro maior exportador de soja do mundo, o segundo maior vendedor de milho e está entre os dez maiores no trigo. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.