Avianca diz que será prejudicada em distribuição de slots de Congonhas

A empresa aérea Avianca afirmou nesta quinta-feira que será prejudicada pela resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a distribuição de slots do aeroporto paulistano de Congonhas, afirmou o presidente da companhia, José Efromovich, a jornalistas.

REUTERS

10 de julho de 2014 | 15h09

O executivo afirmou que a resolução publicada nesta quinta-feira considera entre suas fórmulas a participação de mercado das empresas, e que, embora na primeira distribuição apenas Azul e Avianca possam participar, a primeira receberá mais slots por ter maior fatia de mercado.

Efromovich acrescentou ainda que, em uma segunda distribuição, Avianca e Azul não seriam mais consideradas como "entrantes" e terão de disputar slots com Gol e TAM, líderes de mercado. Com isso, na avaliação do executivo, a Avianca será ainda mais desfavorecida.

O executivo, porém, não soube afirmar de imediato como a Avianca vai reagir ao sistema adotado pela Anac.

(Por Roberta Vilas Boas)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASAVIANCAHOLDINGSLOTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.