Azul prevê atuação em mais 20 cidades em 2011, somando 50 destinos

Estratégia da companhia é ligar cidades do interior às principais capitais com voos curtos  

Silvana Mautone, da Agência Estado,

18 de janeiro de 2011 | 14h48

A Azul anunciou nesta terça-feira, 18, que seu plano de expansão para 2011 prevê a chegada da companhia em 20 novas cidades, o que deve fazer com que a companhia encerre o ano com voos para 50 destinos.

Segundo o sócio fundador da Azul, David Neeleman, a estratégia é ligar cidades do interior às principais capitais com voos curtos, por meio de aviões ATR. "As primeiras novas cidades atendidas com esses aviões serão São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, com voos diários para Campinas a partir de 1 de março", afirmou.

Primeiramente, a empresa usará aviões turboélices ATR 72-200 arrendados até que os ATR 72-600 encomendados fiquem prontos e sejam certificados. Foram encomendadas 40 unidades do modelo ATR 72-600.

A Azul, que começou a operar em dezembro de 2008, encerrou 2010 como a terceira maior empresa do setor, com 6,05% do mercado doméstico em dezembro, com um crescimento na demanda de 103,53% em relação a 2009.  

Tudo o que sabemos sobre:
Azulvoossetor aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.