B2W deve passar a vender calçados e roupas em junho

A operação de moda da B2W, controlada da Americanas que administra os sites Americanas.com, Submarino, Shoptime e Ingresso.com, está quase pronta, segundo fontes. Especialistas e fornecedores de e-commerce contam que a empresa já tem parcerias firmadas para iniciar a venda de roupas e calçados no máximo a partir de junho.

AE, Agencia Estado

19 de abril de 2013 | 10h52

Em novembro, durante teleconferência com analistas, o diretor de Relações com Investidores da B2W, Fabio Abrate, revelou os planos da companhia no segmento de vestuário para este ano. ?Vamos entrar com força nas categorias de roupas e calçados em 2013?, afirmou o executivo. Procurada, a companhia se limitou a manter as informações já divulgadas.

De acordo com a consultoria e-bit, a categoria ?Moda e Acessórios? foi a segunda mais procurada pelos consumidores em 2012, respondendo por 12,2% do faturamento total, atrás apenas de ?Eletrodomésticos? (12,4%). Em terceiro lugar ficou ?Saúde, beleza e medicamentos?, com 12%, seguido de ?Informática? (9,1%) e ?Casa e Decoração? (7,9%). No ano passado, o e-commerce brasileiro faturou R$ 22,5 bilhões, uma alta nominal de 20% em relação a 2011.

No geral, os profissionais do setor acreditam que o crescimento do acesso das mulheres vai elevar o interesse das empresas no segmento de moda, que vem crescendo exponencialmente ano a ano conforme os dados da e-bit. ?Prova do potencial feminino no e-commerce é o crescimento de operações como Dafiti, OQVestir e Coquelux?, observa Eduardo Kyrillos, CEO da S2G Soluções para e-commerce.

Portanto, não é difícil entender por que empresas como a B2W estão apostando nesse nicho. Outra grande varejista que investiu no segmento de moda foi a Nova Pontocom, empresa de e-commerce do Grupo Pão de Açúcar que passou a vender vestuário, acessórios, lingerie e calçados pelo Extra.com. O serviço, lançado propositalmente no Dia Internacional da Mulher, levou aos consumidores a nova coleção Inverno 2013 do Extra. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
B2Wmoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.