Balança comercial tem melhor semana desde setembro de 2008

Superávit na 1ª semana de junho soma US$ 1,208 bilhão; no ano, saldo acumulado é 18,1% maior que em 2008

Sandra Manfrini, da Agência Estado,

08 de junho de 2009 | 11h18

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 1,208 bilhão na primeira semana de junho, o melhor resultado semanal desde a segunda semana de setembro de 2008, quando a balança teve um superávit de US$ 1,257 bilhão. O saldo foi resultado de exportações de US$ 3,534 bilhões (média diária de US$ 706,8 milhões) menos importações de US$ 2,326 bilhões (média diária de US$ 465,2 milhões). 

 

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

 

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 8, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e mostram que, em relação à media diária exportada em maio último (US$ 599,3 milhões), houve um crescimento na média diária de 17,9%. Já em relação ao desempenho médio de junho de 2008, quando a média diária foi de US$ 885,4 milhões, houve uma queda de 20,2%.

 

Com relação às importações, a média diária registrada na primeira semana de junho, de US$ 465,2 milhões, foi 0,3% menor que o desempenho médio de maio deste ano (US$ 466,7 milhões) e 38,4% inferior à média verificada em junho do ano passado (US$ 755,5 milhões).

 

Acumulado

 

No ano até a primeira semana de junho, a balança acumula um superávit de US$ 10,580 bilhões. O saldo é 18,1% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando a balança acumulava superávit de US$ 8,957 bilhões.

 

As exportações no período somam US$ 59,018 bilhões, com média diária de US$ 556,8 milhões. Já as importações totalizam US$ 48,438 bilhões, média diária de US$ 457 milhões.

 

Apesar do bom saldo comercial acumulado no ano, o desempenho das exportações e das importações ainda está abaixo do verificado no ano passado, o que reflete a desaceleração do comércio mundial. A média diária exportada no acumulado do ano ainda é 22,3% inferior ao desempenho médio das exportações verificado no mesmo período de 2008, que foi de US$ 716,3 milhões.

 

A média diária importada no período é 27,8% menor que a verificada de janeiro até a primeira semana de junho de 2008, quando a média diária das importações foi de US$ 632,6 milhões.

 

A corrente de comércio (exportações mais importações) registrada no acumulado do ano totalizou US$ 107,456 bilhões, valor 25,5% inferior ao verificado no mesmo período de 2008 (US$ 144,329 bilhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.