Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Banco BR Partners, de Ricardo Lacerda, faz IPO ‘relâmpago’ de R$ 400 milhões

Ação foi precificada em R$ 16 na noite desta quinta-feira, 17; estreia da empresa na Bolsa brasileira será no próximo dia 21

Fernanda Guimarães, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2021 | 19h39

Em uma oferta relâmpago, o banco BR Partners, fundada há dez anos por Ricardo Lacerda, Andrea Pinheiro e Jairo Loureiro, precificou nesta quinta-feira, 17, sua oferta inicial de ações (IPO, pela sigla em inglês), que movimentou R$ 400 milhões, apurou o Estadão. A estreia das ações da instituição financeira na B3, a Bolsa brasileira, será na próxima segunda-feira, dia 21.

Dos recursos que estão indo para o caixa, o banco mira crescimento, com reforço da estrutura de capital e o fortalecimento de balanço da companhia, permitindo a expansão dos seus negócios nas áreas de crédito estruturado, mercado de capitais e tesouraria.

O banco tinha tentado fazer sua oferta no ano passado, mas postergou a operação por conta da volatilidade do mercado. Neste ano, ao retomar a operação, decidiu em fazer a oferta destinada para investidores institucionais, como fundos de investimentos

O BR Partners lançou mão de uma regra da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que permite uma oferta sem registro – o que a torna mais célere, mas impede, nesse primeiro momento, o investimento vindo de pessoas físicas.

Foram coordenadores da oferta o BTG Pactual, Itaú BBA e XP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.