Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Banco de investimentos BTG Pactual atinge R$ 1 trilhão em ativos sob gestão e administração

Só em 2022, o BTG comprou a carteira de pessoas físicas da corretora Planner e a corretora Elite Investimentos

Luísa Laval, O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2022 | 12h49

O BTG Pactual atingiu a marca de R$ 1 trilhão em ativos sob gestão e administração. De acordo com o banco, o número contempla os recursos das áreas de Asset Management (gestão de ativos) e Wealth Management (gestão patrimonial), que inclui a plataforma de investimentos para o varejo.

Em setembro de 2020, o BTG Pactual havia registrado a marca de R$ 500 bilhões e, agora, 1 ano e 4 meses depois, conseguiu dobrar a quantia. "Continuaremos focados em garantir excelência e inovação no atendimento e serviços prestados", afirma Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual, em nota.

Aquisições

O BTG Pactual tem feito uma série de aquisições. Só em 2022, o banco comprou a carteira de pessoas físicas da corretora Planner e a corretora Elite Investimentos.

Em janeiro, a concorrente XP Investimentos comprou uma fatia da Suno e o banco Modal, enquanto o Itaú Unibanco comprou a Ideal Investimentos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.