Banco Espírito Santo tem queda de 86% no lucro

O Banco Espírito Santo (BES) anunciou nesta segunda-feira que teve lucro líquido de 25,5 milhões de euros (US$ 31,4 milhões) no primeiro semestre, 86% menor do que o ganho de 178,6 milhões de euros obtido em igual período do ano passado. Apesar da forte queda, o número ficou ligeiramente acima da estimativa de quatro analistas consultados pela Dow Jones, de 24,8 milhões de euros.

SERGIO CALDAS, Agencia Estado

30 de julho de 2012 | 13h58

As ações do banco português encerraram o pregão em forte alta de 4,24%, a 0,52 euro, na Bolsa de Lisboa.

A diferença no resultado, segundo o BES, deve-se ao fato de o lucro do primeiro semestre de 2011 ter incorporado um ganho de capital de 143,6 milhões de euros, proveniente da venda de uma participação de 4,1% no Bradesco, e 58,5 milhões de euros em dividendos da Portugal Telecom.

O BES, maior banco de Portugal em capitalização de mercado, disse também que cobranças de créditos inadimplentes cresceram para 352 milhões de euros, de 305,4 milhões de euros, na mesma comparação.

O banco informou ainda que a diferença líquida entre juros pagos sobre depósitos e juros pagos sobre empréstimos saltou para 607,6 milhões de euros no primeiro semestre, de 542,8 milhões de euros um ano antes. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.