Banco Fibra obtém empréstimo de US$ 135 mi do Banco Mundial

Recursos irão ajudá-lo a expandir seus serviços para pequenas e médias empresas no Brasil

Danielle Chaves, da Agência Estado,

29 de julho de 2010 | 14h35

O Banco Fibra levantou US$ 135 milhões por meio de um empréstimo sindicalizado coordenado pela International Finance Corp. (IFC), uma divisão do Banco Mundial. Os recursos serão usados para dar suporte à diversificação das fontes de financiamento internacionais do banco e ajudá-lo a expandir seus serviços para pequenas e médias empresas no Brasil.

"O consórcio, elaborado conjuntamente com o Banco Itaú Europa e o Banco Santander, consiste em US$ 15 milhões em empréstimos da conta do IFC e duas tranches de empréstimos sindicalizados de um consórcio de 11 bancos internacionais: um empréstimo denominado em dólar totalizando US$ 96 milhões e um empréstimo denominado em euro totalizando 20 milhões de euros", informou a IFC em um comunicado.

Segundo a IFC, os outros bancos participantes incluem Banco Itaú Europa, Banco Santander, ING, Citibank, Commerzbank, Banca Intesa, Banco Security, BAC Florida, Banco Espírito Santo, Oberbank e HSBC.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FibraempréstimoBanco Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.