Bancos da UE devem levantar € 106,4 bi para cumprir exigência de qualidade

Juntos, os bancos da Grécia, da Espanha e da Itália respondem por aproximadamente dois terços do valor anunciado hoje pela Autoridade Bancária Europeia (EBA)

Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 21h54

A Autoridade Bancária Europeia (EBA, em inglês) anunciou que grandes bancos de 13 países da Europa precisarão levantar cerca de € 106,4 bilhões em capital de alta qualidade até 30 de junho de 2012 para cumprirem a exigência anunciada mais cedo pela União Europeia, de elevar o nível de capital Tier 1 dos bancos da região para 9%.

Juntos, os bancos da Grécia, da Espanha e da Itália respondem por aproximadamente dois terços do valor anunciado pela EBA. Os bancos da Grécia precisarão de € 30 bilhões e os espanhóis de € 26 bilhões, segundo o relatório divulgado no site do órgão.

Já os setores bancários da França, de Portugal e da Alemanha precisariam captar de € 5 bilhões a € 9 bilhões cada. Os bancos do Reino Unido e da Irlanda teriam capital suficiente para cumprir a determinação da União Europeia, segundo a EBA.

A EBA não identificou os bancos que precisarão de mais capital. 

França 

A França avisou que seus bancos precisarão de  € 8,8 bilhões (US$ 4,6 bilhões) para cumprir as duras exigências de capital necessárias para ajudar a estabilizar a zona do euro e solucionar a crise da dívida soberana.

O presidente do Banco da França, Christian Noyer, disse no início da semana que os bancos precisariam de menos de € 10 bilhões (US$ 13,9 bilhões) para atingir as metas e são perfeitamente capazes de fazê-lo sem ajuda do governo. O BNP Paribas SA, maior banco em capitalização francês, tem um déficit de € 2,1 bilhões (US$ 2,9 bilhões), enquanto o segundo maior, o Societe Generale SA, de € 3,3 bilhões (US$ 4,6 bilhões).

O Group BPCE precisaria de € 3,3 bilhões para cobrir seu rombo, enquanto o Credit Agricole SA não enfrenta déficit. Os quatro representam 80% do setor bancário do país. Os dados são provisórios e indicativos, disse o Banco da França. Os resultados finais de déficit de capital serão divulgados em novembro, informou o BC.

Portugal

O Banco de Portugal informou hoje que as instituições financeiras do país terão de levantar um total de € 4,4 bilhões em capital extra para atender o novo esforço de recapitalização acertado na cúpula realizada hoje em Bruxelas.

O volume baseia-se na exposição dos bancos à dívida soberana da zona do euro em junho, mas leva em conta os valores de setembro, informa o banco central português por meio de nota.

Acrescentado a isso está um total de € 3,4 bilhões em capital que os bancos terão que levantar este ano e no próximo com base nos planos já anunciados para 2011 e 2012.

Os bancos podem recorrer a € 12 bilhões dos € 78 bilhões emprestados a Portugal como parte do resgate financeiro ao país ibérico, segundo o Banco de Portugal.

As informações são da Dow Jones. (Ricardo Gozzi, Gustavo Nicoletta e Paula Moura)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.