Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bancos na Irlanda honrarão suas obrigações, diz ministro das Finanças

Mais cedo, a dívida sênior do Anglo Irish Bank foi rebaixada em três notas pela agência de risco Moody's

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de setembro de 2010 | 12h08

Os bancos irlandeses honrarão suas obrigações com os investidores em títulos e, se não fizerem isso, tornarão difícil o acesso do governo da Irlanda ao crédito, disse o ministro das Finanças, Brian Lenihan.

Leninhan concedeu entrevista ao canal de TV BBC, num momento em que os investidores se tornaram preocupados de que o governo irlandês não conseguirá oferecer o apoio necessário para o combalido sistema bancário pagar suas dívidas.

Mais cedo, a dívida sênior do Anglo Irish Bank foi rebaixada em três notas pela agência de classificação de risco Moody's Investors Service.

"Aqueles que agiram em boa fé com as instituições de crédito da Irlanda terão de ser convencidos de que o país honrará suas obrigações e que os bancos irlandeses honrarão suas obrigações", afirmou o ministro. "Se essas obrigações não forem cumpridas, a posição de financiamento da Irlanda estará sob risco no futuro.

Os bancos irlandeses foram particularmente atingidos pela crise do mercado imobiliário. O governo irlandês precisou injetar bilhões de euros para recapitalizar essas instituições, depois que elas fizeram grandes empréstimos para desenvolvedores imobiliários, muitos dos quais provavelmente não serão pagos.

O governo gastou cerca de € 33 bilhões - ou cerca de 20% do seu Produto Interno Bruto (PIB) - para salvar os bancos do país.

Dados divulgados na semana passada mostraram que a economia irlandesa contraiu 1,2% no segundo trimestre deste ano.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
IrlandaimóveisPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.