Bandeira Elo emite 250 mil cartões de crédito e débito em três meses

A partir de 2012, a bandeira criada pelo Bradesco e Banco do Brasil começará a emitir também cartões de benefícios de alimentação e refeição 

Altamiro Silva Junior, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 18h35

Em cerca de três meses, foram emitidos 250 mil cartões de crédito e débito da Elo, bandeira nacional criada pelo Bradesco e Banco do Brasil. A partir de 2012, a bandeira começa a emitir também cartões de benefícios (alimentação e refeição), segundo o presidente da Elo, Jair Scalco.

Os 250 mil cartões foram emitidos entre abril e junho pela nova bandeira. "Foi uma venda que veio só pela demanda. Não houve um esforço de venda dos bancos ainda", disse o executivo em entrevista à imprensa. É o primeiro dado oficial de cartões emitidos que a bandeira divulga.

Criada em 2010, os cartões da Elo começaram a chegar ao mercado no início de abril. No final do ano passado, a Caixa Econômica Federal também entrou na sociedade e é o terceiro banco a emitir os cartões. "O próximo passo é fazer uma campanha comercial sobre a bandeira", disse Scalco, destacando que em algumas agências dos bancos emissores, o cartão ainda nem é oferecido.

A Elo só emite até agora cartões de crédito, débito e múltiplos (com as duas funções). A partir de 2012 começa a emitir cartões de benefícios e plásticos pré-pagos. Estes últimos, são cartões recarregáveis que podem ser dados como pagamentos, por exemplos, para diaristas, trabalhadores em obras e até como mesada para os filhos.

A bandeira Elo é aceita atualmente em 1,2 milhão de estabelecimentos comerciais, todos credenciados pela Cielo. Segundo Scalco, "proximamente" a bandeira vai trabalhar com outros credenciadores. "Já tivemos transações em todos os Estados do País", disse ele.

Segundo ele, a bandeira nasceu para aproveitar oportunidades no mercado brasileiro, que tem apresentado crescimento do emprego, da renda e mudança de hábitos de consumo da população. No exterior, países como Índia, China, Coreia do Sul e Japão criaram bandeiras nacionais. No futuro, a bandeira tem plano de lançar um produto de aceitação internacional. Scalco encerrou o primeiro dia do 6º CMEP - Congresso de Meios Eletrônicos de Pagamento.

Tudo o que sabemos sobre:
cartõesElobalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.