Bank of America e Morgan Stanley fazem oferta ao Fed

O Bank of America Merrill Lynch e o Morgan Stanely estão se juntando em uma oferta pela carteira de US$ 7,5 bilhões em títulos lastreados em hipotecas comerciais (CDO, na sigla em inglês) que o Federal Reserve de Nova York assumiu quando resgatou a seguradora AIG, durante a crise de 2008. A informação é de investidores e outras pessoas com conhecimento do assunto.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

24 de abril de 2012 | 15h05

O acordo é a segunda parceria entre os grandes bancos que estão disputando a carteira do Fed, que faz parte do instrumento conhecido como Maiden Lane III. Na segunda-feira, Citigroup, Credit Suisse e Goldman Sachs anunciaram que se reuniram para fazer uma oferta conjunta pelos CDOs.

Essas instituições que se juntaram estão tentando enfrentar o Barclays e o Deutsche Bank, que têm certas vantagens de custos na revenda desses bônus, de acordo com analistas. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.