Divulgação Mattel
Divulgação Mattel

Mattel lança primeira Barbie trans, inspirada na atriz Laverne Cox

A Barbie comemorativa faz parte da linha “Collection Tributo”, que celebra a história de mulheres visionárias em todo o mundo; previsão é de que o brinquedo chegue ao Brasil no mês que vem

Wesley Gonsalves, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2022 | 18h20

A boneca mais famosa do mundo, a Barbie, ganhou sua primeira versão em homenagem a uma mulher preta e transexual. Lançada em escala global, a edição especial do brinquedo foi inspirada na atriz, produtora e roteirista Laverne Cox. A americana ficou conhecida por sua atuação na série "Orange is the New Black" e pelo seu ativismo em defesa dos direitos da comunidade LGBTQIA+.  

A Barbie comemorativa faz parte da linha “Collection Tributo”, que celebra a história de mulheres visionárias em todo o mundo. No Brasil, a previsão é de que o brinquedo seja comercializado a partir do mês que vem por R$ 359,99.

A boneca trans acompanha uma tendência da Mattel com seus lançamentos de brinquedos com foco na diversidade. Recentemente a companhia também divulgou suas versões da Barbie com aparelho auditivo e do boneco Ken com vitiligo, além da linha em homenagem aos 70 anos de reinado da rainha da Inglaterra, Elizabeth 2ª. "A Barbie sabe que representatividade é importante e está empenhada em continuar aumentando a diversidade em todas as suas coleções”, diz, em nota, a companhia.

Para a especialista em diversidade e inovação, Viviane Elias Moreira, a primeira Barbie trans e negra é uma ferramenta para combater os estereótipos negativos que são historicamente associados a esse grupo social. “É uma forma de mostrar para as meninas transexuais que elas podem se aceitar e serem bonitas como a própria Laverne”, avalia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.