Barclays planeja cortar 2 mil empregos, diz ‘The Wall Street Journal’

Cortes deverão ser anunciados pelo banco britânico no começo de 2013

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

13 de dezembro de 2012 | 15h29

NOVA YORK - O Barclays planeja eliminar cerca de 2 mil empregos em seu banco de investimento como parte de ampla reestruturação da companhia, informou o The Wall Street Journal, citando fontes. 

Os cortes, que deverão ser anunciados pelo banco britânico no começo de 2013, representarão um corte relativamente pequeno da força de trabalho total do banco de investimentos do Barclays, de cerca de 23 mil funcionários de horário integral.

Mas os cortes refletem a diminuição mundial do fascínio da indústria de banco de investimento e um movimento do Barclays para melhorar sua reputação na esteira de uma série de escândalos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
barclaysdemissões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.