Base aliada deve aprovar hoje MP que concede R$ 55 bi ao BNDES

Com medida, limite global das subvenções econômicas do banco aumenta para R$ 209 bilhões

Rosa Costa, da Agência Estado,

29 de junho de 2011 | 15h56

A base aliada do governo deve aprovar na tarde desta quarta-feira, 29, o projeto de conversão à medida provisória 526, editada pela presidente Dilma Rousseff, que autoriza a União a conceder até R$ 55 bilhões ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ampliando o limite global das subvenções econômicas do banco para R$ 209 bilhões. A MP perde a validade depois de amanhã. Terá, portanto, de ser votada pelos governistas sem alteração, uma vez que não há tempo para ser examinada novamente pelos deputados.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), anunciou que devolverá ao governo as medidas provisórias que chegarem à Casa perto de perder a validade, como é o caso da MP 526, se o governo não apoiar a decisão de realizar mudanças no rito de tramitação das MPs. Mas não marcou data para começar com as devoluções, apesar de ter virado praxe na Casa a formalidade de votar MPs sem condições de se discutir e de se alterar o texto.

Tudo o que sabemos sobre:
bndesmpbanco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.