Bayer CropScience registra aumento da receita em todas as áreas

Alta na receita do segmento agrícola da empresa foi de 15,6%, totalizando € 2,61 mi; lucro cresceu 31,7%, para € 981 milhões

Filipe Domingues, com Dow Jones,

26 de abril de 2012 | 14h18

SÃO PAULO - O segmento agrícola da companhia alemã Bayer, a CropScience, registrou aumento de 15,6% na receita com vendas, totalizando € 2,61 milhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da Bayer CropScience subiu 31,7%, para € 981 milhões. Segundo a companhia, com boas condições de mercado, o subgrupo cresceu em todas as suas áreas de negócios.

Além disso, o crescimento do lucro resultou de um início antecipado da temporada e de volumes de vendas consideravelmente maiores em relação ao ano passado. A Bayer mencionou, ainda, ganhos de eficiência e gerenciamentos de custos, além de efeitos positivos no câmbio. O subgrupo também se beneficiou com o lucro de € 22 milhões obtido com desinvestimentos e recebimentos relativos a royalties.

O executivo-chefe da Bayer, Marijn Dekkers, disse que o início da temporada foi "promissor no Hemisfério Norte". O crescimento em receita mais expressivo da Bayer CropScience ocorreu na América do Norte (24,8%). Na região Ásia-Pacífico, a receita subiu 22,7%. Na região América Latina, África e Oriente Médio houve crescimento de 8,9% e na Europa, de 5,2%.

A receita da divisão de pesticidas e sementes aumentou 16% em relação ao primeiro trimestre do ano anterior. As vendas de herbicidas aumentaram 19% e as de fungicidas, 12,3%. A receita com vendas de inseticidas subiu 17,4%, promovida por uma renovação do portfólio. As vendas de produtos para tratamento de sementes se expandiram 3,2%. Os negócios da BioScience, especializada no desenvolvimento de sementes e plantas, impulsionaram a receita com vendas em 17,1%. Os maiores crescimentos ocorreram com sementes de canola e algodão na América do Norte.

Dekkers afirmou que a prioridade da companhia agora é o crescimento orgânico, mas não descarta aquisições nos próximos anos. O lucro líquido da Bayer subiu de € 684 milhões no primeiro trimestre do ano passado para € 1,05 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Superou, portanto, a expectativa de analistas, de € 943 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
Bayersegmento agrícolalucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.