AFP
AFP

Bayer melhora oferta por Monsanto em etapa final de negociações

Grupo alemão de produtos químicos e fertilizantes está disposto a pagar mais de US$ 65 bilhões pela empresa

Reuters

06 Setembro 2016 | 10h27

FRANKFURT/NOVA YORK - O grupo alemão de produtos químicos e fertilizantes Bayer afirmou que as negociações com a Monsanto evoluíram e que agora está disposto a pagar mais de US$ 65 bilhões pela empresa, um aumento de 2% sobre a proposta anterior pela maior empresa de sementes do mundo.

"Ambos os lados estão próximos de um consenso", disse uma fonte com conhecimento do assunto.

A Monsanto também aceitou abrir seus livros contábeis para a Bayer fazer uma verificação dos números da companhia, afirmaram duas fontes próximas do assunto.

A Bayer informou que agora está preparada para oferecer US$ 127,50 por ação em um acordo negociado ante a proposta anterior de US$ 125.

Mas o jornal alemão Rheinische Post publicou na segunda-feira que uma oferta de US$ 130 por ação pode ser necessária para se chegar a um acordo "rápido e amigável" com a Monsanto.

Em julho, a Bayer já havia elevado a oferta de US$ 122 para US$ 125 por ação. A proposta melhorada, porém, foi recusada pela Monsanto.

Mais conteúdo sobre:
BayerMonsanto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.