BB confirma inclusão em ranking de empresas nos EUA

O Banco do Brasil entrou, pela primeira vez, no ranking de cerca de 340 empresas do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI), da Bolsa de Nova York. Criado em 1999, o índice DJSJ permite aos investidores institucionais balizar suas aplicações em renda variável de acordo com seus interesses socioambientais.

JOÃO VILLAVERDE, Agencia Estado

18 de setembro de 2012 | 18h13

"Os investidores, especialmente aqueles dos países desenvolvidos, estão cada vez mais atentos e preocupados em aplicar seus recursos em companhias com ações sustentáveis. Quer dizer, este carimbo da Dow Jones vai impulsionar a inserção internacional do BB, algo muito importante para nós", disse o diretor da unidade de Desenvolvimento Sustentável do BB, Rodrigo Santos Nogueira.

De acordo com Nogueira, uma das principais ações do BB entre as reconhecidas pelo índice Dow Jones tem sido o plano de ação construído junto a comunidades rurais carentes. Ao todo, o BB tem uma carteira de crédito de R$ 12,8 bilhões contratados junto a 1,6 milhão de pessoas, que desenvolvem, junto a uma equipe do banco, atividades como bovino cultura de leite, artesanato, pesca e outros.

Na próxima quinta-feira, Nogueira e outros diretores do BB vão apresentar aos stake holders do banco em São Paulo os resultados da área de sustentabilidade, e apresentar os detalhes da inclusão do BB no índice da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BBrankingDow Jonesambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.