BC eleva projeção de inflação de 4,7% para 5,2%

Estimativa para o IPCA feita por analistas do mercado financeiro coincide com a do Banco Central

Célia Froufe e Eduardo Cucolo, da Agência Estado ,

27 de setembro de 2012 | 09h25

BRASÍLIA - O Banco Central também elevou nesta quinta-feira sua projeção para o IPCA de 2012 de 4,7% para 5,2% no cenário de mercado, segundo o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado hoje pela autoridade monetária. Esses prognósticos levam em conta as projeções feitas por analistas do mercado financeiro para as principais variáveis econômicas.

A projeção do cenário de mercado para o IPCA coincide com a do cenário de referência. A estimativa do BC para a inflação de 5,2% no cenário de mercado também está 0,5 ponto porcentual maior do que no RTI divulgado em junho e deve ser vista já no acumulado de 12 meses ao final do terceiro trimestre deste ano.

Para 2013, a previsão do BC é a de que o IPCA ainda alcance uma taxa de 5,1% no acumulado de 12 meses ao final do primeiro trimestre, cedendo para 5% no segundo - no RTI anterior, essa projeção era de 4,9%. Para o terceiro trimestre do ano que vem, a expectativa do BC também diminuiu, passando de 5% para 4,5%. Ao final do ano, a inflação deve chegar a 4,8%, de acordo com o RTI. No documento anterior, divulgado em junho, a estimativa era de uma taxa de 4,9%.

Para 2014, o BC manteve a expectativa de uma taxa em 5,1% no primeiro e no segundo trimestre, recuando para 5% no terceiro trimestre.

O Banco Central afirmou que a chance de estouro do teto da meta de inflação em 2013 caiu de 20% para em torno de 14% no cenário de mercado. A chance de estouro do teto da meta neste ano subiu de 1% para 2% no cenário de mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
BCrelatório inflaçãoIPCAmercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.