BC eleva projeção de investimento externo em ações no País em 2010

Novos números mostram que a previsão de entrada desses recursos para ações negociadas no Brasil neste ano subiu de US$ 19 bilhões para US$ 22 bilhões

Fernando Nakagawa e Fabio Graner, da Agência Estado,

21 de setembro de 2010 | 12h25

O Banco Central elevou sua estimativa para o ingresso de capital estrangeiro destinado à compra de ações brasileiras negociadas no País em 2010. Dados divulgados há pouco pelo chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, mostram que a previsão de entrada desses recursos para ações negociadas no Brasil neste ano subiu de US$ 19 bilhões para US$ 22 bilhões. Para 2011, o BC estima entrada de investimento estrangeiro em ações no País em US$ 21 bilhões.

Altamir também divulgou a previsão para o investimento estrangeiro em renda faixa no Brasil. Para o ano de 2010, a expectativa da compra de papéis negociados no País por investidores externos subiu de US$ 13 bilhões para US$ 16 bilhões. Para o próximo ano, a expectativa é de ingresso de US$ 15 bilhões.

Altamir informou que o investimento estrangeiro em ações brasileiras somou US$ 2,498 bilhões em setembro até hoje (21). As ações negociadas no Brasil atraíram US$ 4,476 bilhões no período. Como as ações no País receberam mais recursos que o total destinado ao global das ações brasileiras, isso quer dizer que papéis negociados no exterior - como as ADRs - perderam investidores.

Segundo Altamir, a aplicação estrangeira em papéis de renda fixa negociados no País trouxe US$ 740 milhões ao Brasil em setembro até hoje (21).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.