Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

BC recalibra normas para requerimento de capital de risco para bancos

Autoridade monetária abrandou as exigências para riscos de câmbio e juros e estendeu o prazo para que novos critérios sejam adotados pelas instituições

Eduardo Rodrigues, da Agência Estado,

26 de dezembro de 2011 | 15h35

BRASÍLIA - O Banco Central recalibrou na última quarta-feira à noite as novas normas para requerimento de capital de risco para os bancos, que entrarão em vigor em janeiro de 2012. Sem alarde, a autoridade monetária flexibilizou as regras, tornando-as mais suaves e dando mais tempo para que as instituições as adotem.

A norma original, publicada ainda no ano passado, trazia uma série de parâmetros de cálculo para os requerimentos de capital de risco, que deveriam ser adotados pelos bancos entre janeiro e junho de 2012. Mas, com a mudança, as exigências para riscos de câmbio e juros foram abrandadas e o prazo para adoção dos novos critérios agora vai até dezembro do próximo ano.

Segundo o Banco Central, a alteração foi feita porque estudos mostraram uma mudança na posição dos bancos e na volatilidade dos mercados desde a edição da primeira medida. O BC esclarece, porém, que, mesmo com as mudanças, as novas regras em entram em vigor na próxima semana ainda são mais exigentes do que os parâmetros atuais, e buscam maior alinhamento com práticas internacionais.

Tudo o que sabemos sobre:
bcregrasrequerimentocapitalbancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.