Berlusconi não consegue acordo sobre previdência

Uma das propostas foi a elevação da idade de aposentadoria no setor público, o que liberaria fundos da previdência para investir em oportunidades de emprego ppara os mais jovens

Agência Estado,

24 de outubro de 2011 | 16h56

Uma reunião emergencial do gabinete de governo da Itália foi suspensa no fim da noite de hoje. Diversos ministros jantariam com o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, e existia a possibilidade de uma nova reunião ocorrer ainda nesta segunda-feira, apesar do avançado da hora, disse uma fonte.

A reunião de emergência foi suspensa sem que houvesse acordo sobre uma reforma do sistema previdenciário italiano, um dos mais delicados temas do encontro, prosseguiu a fonte.

Berlusconi está sob pressão para que leve à reunião de cúpula da União Europeia (UE) marcada para a quarta-feira em Bruxelas com um pacote legislativo concreto destinado a estimular o crescimento da economia italiana.

Uma das propostas debatidas pelo gabinete foi a elevação da idade de aposentadoria no setor público, o que liberaria os fundos de previdência para investir em oportunidades de emprego para a população mais jovem.

As informações são da Dow Jones. (Ricardo Gozzi)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.