Bernanke quer todas as linhas do Talf encerradas até 30 de junho

Segundo presidente do BC americano, uso das linhas de empréstimo caiu 'acentuadamente'

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

10 de fevereiro de 2010 | 16h01

O presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, afirmou que todas as linhas do Programa de Crédito a Termo de Títulos Lastreados em Ativos (Talf, na sigla em inglês) serão encerradas até 30 de junho e que o banco central norte-americano pode começar a vender ativos quando a recuperação econômica dos EUA ganhar força.

 

"Conforme o esperado, o uso de muitas das linhas de empréstimo do Federal Reserve caiu acentuadamente conforme as condições econômicas melhoraram", disse Bernanke, em um discurso preparado que seria apresentado ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes nesta quarta-feira, 10. A audiência, no entanto, foi cancelada devido a nevascas.

 

Segundo Bernanke, a maior parte dessas linhas foi encerrada ao longo de 2009 e algumas outras expiraram no início de fevereiro. Atualmente, além das janelas regulares de redesconto, as linhas que ainda estão em operação são a do leilão de linha emergencial a termo (TAF, em inglês) e a do Programa de Crédito a Termo de Títulos Lastreados em Ativos (Talf, na sigla em inglês).

 

"Essas duas linhas serão encerradas em breve", afirmou o presidente do banco central norte-americano. "O Federal Reserve anunciou que o último leilão da TAF será conduzido em 8 de março, enquanto o TALF deve ser encerrado em 31 de março para empréstimos que não tiverem como colateral novos títulos atrelados a hipotecas comerciais (CMBS, em inglês) e em 30 de junho para os empréstimos garantidos por novos CMBS".

 

Bernanke disse também que não prevê a venda dos ativos detidos pelo Federal Reserve antes de um aperto na política monetária e de uma recuperação sustentável da economia norte-americana.

 

"O Federal Reserve pode optar por vender ativos no futuro, quando a recuperação econômica estiver suficientemente avançada e o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) determinar que o aperto monetário associado a isso será garantido e claramente comunicado aos participantes do mercado", afirmou o presidente do Fed. Ele acrescentou, porém, que qualquer potencial venda de ativos ocorrerá de forma gradual.

Tudo o que sabemos sobre:
Fed, EUA, Talf, empréstimos, ativos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.