BES reverte e tem prejuízo de US$ 198 mi no trimestre

O Banco Espírito Santo (BES), o segundo maior de capital aberto de Portugal, anunciou nesta sexta-feira, 25, que teve prejuízo líquido de 143,5 milhões de euros (US$ 198 milhões) no terceiro trimestre, revertendo lucro de 65 milhões de euros em igual período de 2012.

Agencia Estado

25 de outubro de 2013 | 15h17

Entre janeiro e setembro, o BES acumulou prejuízos de 381 milhões de euros, ante lucro de 90,4 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

Também no acumulado do ano, o BES teve encargos de 1,07 bilhão de euros em meio à recessão de Portugal. Do total, 779,5 milhões de euros vieram de empréstimos inadimplentes. No terceiro trimestre, no entanto, houve queda no volume de encargos ante o trimestre anterior.

O BES está entre quatro bancos portugueses que serão submetidos a testes de estresse do Banco Central Europeu (BCE) a partir de novembro. Mais cedo, o primeiro-ministro do país, Pedro Passos Coelho, previu que nenhum dos bancos precisará de mais ajuda estatal.

O BES, cujas ações fecharam neste pregão em baixa de 2,58% na Bolsa de Lisboa, é a única das quatro instituições que ainda não recorreu à ajuda federal. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco Espírito Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.