BG vende usinas nas Filipinas para dar foco ao Brasil

A empresa britânica de petróleo e gás BG Group, parceira da Petrobras no Brasil, disse que vendeu sua participação de 40% em duas usinas de energia movidas a gás nas Filipinas para a Korea Electric Power Corp. por US$ 400 milhões. O acordo abrange a usina Santa Rita de 100 MW e a de San Lorenzo de 500 MW, localizadas na ilha de Luzon, a 80 quilômetros ao sul da capital Manila.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

29 de setembro de 2010 | 14h32

O negócio é o mais recente de uma série de desinvestimentos de ativos de geração de energia, visto que a BG está direcionando sua atenção no desenvolvimento de descobertas de petróleo no Brasil. A companhia vendeu suas participações em usinas de energia no Reino Unido e nos Estados Unidos neste ano.

A BG deverá provavelmente continuar a desfazer-se de suas usinas de energia até que se retire completamente do setor de eletricidade, afirmou Peter Hitchens, analista da Panmure Gordon. "Eles concluíram que a geração de energia não é tão interessante quantos eles pensavam", destacou o analista. Injetar dinheiro na exploração, produção de petróleo e gás natural liquefeito, onde o crescimento é mais rápido, faz mais sentido, acrescentou Hitchens. Ele prevê que a BG venderá suas usinas na Itália e possivelmente seu negócio de transmissão e distribuição de energia na Índia.

A BG detém as participações nas usinas nas Filipinas por meio de uma joint venture com a First Philippine Holdings Group. A conclusão do negócio está prevista para 2011 e sujeita à aprovação da First Philippine, segundo a empresa britânica. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleogásBG GroupFilipinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.