BHP recebe aprovação parcial dos EUA para compra da Rio Tinto

A BHP Billiton informou nestaquinta-feira que autoridades de defesa da concorrência dosEstados Unidos liberaram a companhia para continuar com suaoferta não solicitada de aquisição da mineradora rival RioTinto, avaliada em 170 bilhões de dólares. A companhia informou que a liberação atendeu parte dasexigências da lei norte-americana de proteção da concorrência. A legislação norte-americana dá a autoridades de defesa daconcorrência o direito de reabrir uma investigação se novasinformações surgirem antes do encerramento da operação, afirmamespecialistas. Entretanto, na realidade, os Estados Unidosderam uma aprovação total à aquisição. O longo período entre o anúncio original da oferta, emfevereiro, e a ação final de autoridades antitruste ao redor domundo fizeram com que a BHP citasse que os EUA podem voltar aocaso se decidirem, disseram especialistas. A transação gigante tem um efeito mínimo nos EUA, onde foinecessário apenas uma revisão leve dos termos. O impacto serámuito mais sentido na Ásia e Europa. Em Bruxelas, onde o primeiro estágio do inquérito daComissão Européia está perto do fim, uma investigaçãoaprofundada deve ser anunciada na sexta-feira, disseram fontespróximas do assunto. Essa avaliação pode durar até o final doano ou mais que isso. (Por James Regan em Sydney e David Lawsky em Bruxelas) REUTERS AAJ DL

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.