BicBanco recebe US$ 206 mi do IFC e mais 14 bancos

O International Finance Corporation (IFC), braço financeiro do Banco Mundial, anunciou hoje a conclusão de um financiamento para o BicBanco no montante equivalente a US$ 206 milhões. Os recursos vão ser usados pelo banco brasileiro para aumentar os empréstimos a pequenas e médias empresas. Segundo comunicado do IFC, foi a maior operação sindicalizada para uma instituição financeira na América Latina e o quinto investimento da IFC no BicBanco desde 2006. A Agência Estado antecipou essa operação no dia 10 de setembro.

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2010 | 18h29

A sindicalização é composta de um empréstimo "tipo A" de US$ 25 milhões com recursos próprios do IFC com prazo de cinco anos. Há também um empréstimo "tipo B" em quatro parcelas, sendo duas em dólares americanos no valor de US$ 25 milhões com um prazo de dois anos e US$ 106 milhões com um prazo de três anos. O empréstimo inclui também mais duas parcelas em euros, no montante de 5 milhões de euros por um prazo de dois anos e 30 milhões de euros por um prazo de três anos.

Os recursos foram levantados por intermédio de uma operação global sindicalizada, na qual participaram 14 bancos internacionais, sendo sua distribuição liderada pela IFC, Banco Itaú Europa, Commerzbank e Standard Chartered.

Os bancos que participaram do empréstimo tipo B foram Banco Itaú Europa, Commerzbank, Standard Chartered, Citigroup, HSBC como principais subscritores e o Standard Bank, Banco Santander, ING, JP Morgan Chase, Bank of America, Israel Discount Bank, Oberbank, Banca Monte Dei Paschi di Siena e o LBBW.

Tudo o que sabemos sobre:
bancoempréstimoBicBancoIFC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.