Biocombustível compensa petróleo escasso da Opep, diz AIE

Segundo relatório, para substituir os combustíveis seriam necessários mais 2,9 mi de barris por dia

Deise Vieira, da Agência Estado,

28 de maio de 2008 | 11h35

Os biocombustíveis estão cada vez mais compensando o crescimento lento da oferta mundial de petróleo. Segundo dados da Agência Internacional de Energia (AIE), eles atendem, desde 2000, a uma necessidade de quase 3 milhões de barris por dia.  Veja também:Preço do petróleo em alta  Um adicional de 1,6 milhão a 2,9 milhões de barris por dia de petróleo bruto teria sido necessário para substituir o uso crescente de biocombustíveis nos últimos oito anos, segundo apresentação feita nesta quarta-feira, 28, pelo vice-diretor executivo da AIE, William Ramsay, em uma conferência sobre petróleo e gás, em Paris. A capacidade de expansão da produção de petróleo de países que não fazem parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) tem desapontado repetidamente nos últimos anos, por conta de insuficientes investimentos exacerbados pelo custo da inflação na indústria e outros fatores, resultando na entrega ao mercado de um volume de produção adicional menor do que o previsto inicialmente. O economista chefe da AIE, Fatih Birol, afirmou nesta semana que a indústria de petróleo não está investindo o suficiente para compensar a diminuição na produção em campos petrolíferos. Segundo ele, o aumento dos investimentos para garantir que a capacidade já existente seja mantida é "mais importante" do que a quantidade de dinheiro sendo gasta em novos projetos de petróleo. Preocupações crescentes sobre dificuldades na oferta no futuro, com o avanço da demanda por petróleo ultrapassando a oferta, têm ajudado a levar os preços da commodity para máximas acima de US$ 135 o barril nos últimos dias.  Alguns observadores acreditam que os biocombustíveis e as energias alternativas possam compensar uma escassez. Mas as dúvidas em relação aos biocombustíveis persistem. A AIE afirmou em seu relatório mais recente sobre o mercado de petróleo que o aumento nos preços globais dos alimentos abalou as perspectivas para os biocombustíveis, destacando que um adicional de 1 milhão de barris de petróleo por dia pode ser necessário para substituir o consumo atual de combustíveis como biodiesel e etanol.

Tudo o que sabemos sobre:
PetróleoBiocombustíveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.