Biodiesel: Câmara dos EUA aprova taxa de incentivo ao setor

São Paulo, 8 - A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou a criação de uma taxa de incentivo à produção de biodiesel, como parte da legislação para vendas externas e taxa territorial, informou a Associação de Soja do país em press release divulgado hoje. A taxa de 1 penny para cada ponto percentual de biodiesel adicionado ao diesel foi incluída no regime de taxas do país com apoio dos senadores Chuck Grassley, de Iowa, e Blanche Lincoln, de Arkansas. O biodiesel é um combustível alternativo ao petróleo feito de fontes renováveis, como soja ou cana-de-açúcar. Produtores de soja dos EUA estão investindo na construção de indústrias para a produção de biodiesel, informou a associação. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.