Bird aprova empréstimo de US$ 505 Mi para meio Ambiente no Brasil

Brasília, 24 - O vice-presidente e diretor do Banco Mundial (Bird) para o Brasil, Vinod Thomas, anunciou há pouco, em teleconferência, a aprovação de um empréstimo de US$ 505 milhões para o Brasil, que serão utilizados para um programa de sustentação ambiental no País. Na prática, o empréstimo do Banco Mundial deixa os projetos já em andamento no Ministério do Meio Ambiente protegidos de cortes orçamentários que possam ser feitos pelo governo. O programa que liberou os US$ 505 milhões poderá atingir a cifra de US$ 1,2 bilhão nos próximos quatro anos. De acordo com Vinod, o programa firmado com o Brasil é o maior em termos de volume já feito pela instituição no mundo para a área ambiental. O empréstimo precisa ser aprovado pelo Senado Federal. (Renato Andrade)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.