Tiago Queiroz/ Estadão
Tiago Queiroz/ Estadão

Black Friday 2021: Faturamento do e-commerce cresce 5% e se aproxima dos R$ 4 bilhões

Dados da empresa Neotrust mostram que o tíquete médio nacional das compras é de R$ 703,37

Elisa Calmon, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2021 | 19h34

Um novo levantamento realizado pela Neotrust mostra que até as 17h desta sexta-feira, 26, o número total de compras da Black Friday via e-commerce chegou a 5.653.116 pedidos, o que representa um número estável em relação ao mesmo período do ano anterior. Ao todo, o valor faturado soma R$ 3,9 bilhões, com crescimento anual de 5%. O tíquete médio nacional das compras é de R$ 703,37 (5% maior que em 2020). Os dados consideram vendas realizadas em todo o País.

"Estamos muito próximos de chegar a R$ 4 bilhões. Quando a gente avalia apenas a sexta-feira, o crescimento é de 3%, abaixo do que registramos quinta-feira, quando vimos um crescimento de 10% no faturamento. O que notamos é que nas duas últimas horas foi registrado um bom crescimento. Um dos destaques de hoje é o avanço da compra de produtos de Eletroportáteis”, afirma a head de Inteligência da Neotrust, Paulina Gonçalves Dias.

As cinco categorias com mais pedidos são, nessa ordem: Moda e Acessórios, Beleza e Perfumaria, Telefonia, Eletroportáteis e Eletrodomésticos. De acordo com o levantamento, a região que mais consome durante a Black Friday é a Sudeste, com R$ 2,2 bilhões (56,48% do total faturado em todo o País). Em seguida, está o Nordeste, com R$ 716 milhões (18,02%). Em terceiro lugar, o Sul, com R$ 606 milhões (15,26%). O Centro-Oeste figura em quarto lugar, com R$ 296 milhões (7,45%). Por fim aparece o Norte, com R$ 111 milhões (2,80%).

As mulheres respondem por 57% dos pedidos e a faixa etária que mais consome (35,08%) é entre 26 e 35 anos, seguida pelos consumidores entre 36 e 50 anos (33,88%). Na sequência vêm os compradores de até 25 anos (16,65%). Os brasileiros com mais de 51 anos ocupam a menor porcentagem de compras on-line, representando 14,38% dos pedidos.

De acordo com a ClearSale, parceira do T.Group na ação, foram evitadas fraudes que somam R$ 74,715 milhões até o momento.

Os resultados da Black Friday 2021 são monitorados desde quinra pelo site Hora a Hora, iniciativa da Neotrust - uma das quatro unidades de negócio do T.Group, com patrocínio do Cartão Elo.

Tudo o que sabemos sobre:
Black Fridaycomércio eletrônico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.