BM&FBovespa tem lucro 1,8% maior no 3º tri

A BM&FBovespa registrou lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 281,6 milhões no terceiro trimestre de 2013, alta de 1,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Por outro lado, em relação ao intervalo imediatamente anterior, o lucro caiu 19,7%. Já o lucro líquido ajustado ficou em R$ 403,7 milhões no período, alta de 0,8% em relação a igual período do ano passado, mas queda de 14% na relação trimestral.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

07 de novembro de 2013 | 19h29

A receita líquida no período ficou em R$ 535,4 milhões, o que representou um aumento de 2,6% em relação ao mesmo intervalo do ano passado. Em relação à receita apresentada no segundo trimestre, houve recuo de 10,7%.

O lucro líquido (atribuído aos acionistas) veio em linha com a média das projeções de sete instituições financeiras consultadas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado (UBS, Santander, Itaú BBA, BTG Pactual, Deutsche Bank, Goldman Sachs e Credit Suisse). A receita líquida divulgada, de R$ 535,4 milhões, também está de acordo com a média das estimativas.

O Broadcast considera em linha quando os números apresentados pela companhia ficam 5% acima ou abaixo da média das projeções coletadas.

Ainda em seu demonstrativo financeiro, a companhia apresentou uma margem operacional de 63,7% no trimestre passado, ante 66,5% do mesmo período do ano passado e de 70,5% no trimestre imediatamente anterior.

"Apresentamos mais um trimestre sólido, com crescimento de receitas apesar das condições de mercado", afirmou, no documento que acompanha o demonstrativo financeiro da empresa, o presidente da BM&FBovespa, Edemir Pinto. "Mantivemos o foco no controle de despesas no terceiro trimestre, permanecendo em linha com o orçamento previsto para o ano. Além disso, recompramos mais de 0,5% das ações em circulação da Companhia, reafirmando nosso compromisso de retornar valor a nossos acionistas", completa, ainda no documento, Eduardo Refinetti Guardia, Diretor Executivo de Produtos e de Relações com Investidores.

Tudo o que sabemos sobre:
BM&FBovespabalançoterceiro trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.