BMW faz recall para nova avaliação em airbag

Proprietários de diversos modelos fabricados entre dezembro de 2001 e março de 2003 devem comparecer a uma concessionária da marca

Gustavo Porto, Agência Estado

23 de setembro de 2013 | 13h48

SÃO PAULO - A BMW do Brasil convocou nesta segunda-feira, 23, os proprietários dos veículos 320i/A, 325i/A, 325Ci/A, 330i/A, 330Ci/A, 330i SMG Motorsport e M3 Coupé, fabricados entre dezembro de 2001 e março de 2003, a comparecerem a uma concessionária da marca para substituição, se necessário, do módulo do airbag do passageiro do banco dianteiro. Os veículos são os mesmos que, na primeira etapa da campanha, passaram por inspeção técnica, seguida de desativação temporária do dispositivo.

A BMW não informou quantos veículos passarão pelo novo procedimento, mas, à época do primeiro recall foram 502 unidades. No comunicado, a empresa informa ter constatado que, em caso de colisão frontal grave o airbag pode ser acionado inadequadamente, "não sendo descartando risco de incêndio, podendo causar danos físicos e materiais aos ocupantes e terceiros". Neste caso, segundo a montadora, "o cinto de segurança com pré-tensionador exercerá seu papel de proteção".

A BMW disponibilizou o telefone 0800 707 3578, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 19 horas e o site www.bmw.com.br para mais informações.

Tudo o que sabemos sobre:
BMWrecall

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.