BNDES aprova crédito de R$ 2,46 bi para a Braskem

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou a aprovação de um limite de crédito de R$ 2,46 bilhões para a Braskem. Os recursos são destinados ao plano de investimentos da petroquímica nos Estados da Bahia, de Alagoas, do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

DANIELA AMORIM, Agencia Estado

25 de outubro de 2011 | 14h13

O plano de investimentos da Braskem, para o período de 2011 a 2013, totaliza R$ 4,27 bilhões, para a implantação, ampliação e modernização de ativos, aquisição de máquinas e equipamentos, além de investimentos sociais, ambientais e em tecnologia e inovação.

Segundo o BNDES, o prazo máximo para a utilização do limite de crédito disponibilizado pelo banco é de 120 meses a partir de sua contratação e mediante a apresentação dos projetos específicos de financiamento. A Braskem atua nos mercados de polietileno, polipropileno e PVC. O controle da companhia é compartilhado entre o Grupo Odebrecht e a Petrobrás.

Tudo o que sabemos sobre:
BraskemBNDEScrédito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.