BNDES aprova crédito de R$ 35,6 mi para projeto de biodiesel em MT

Rio, 18 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 35,6 milhões para a empresa Tauá Biodiesel, visando a instalação de uma unidade industrial integrada de extração de óleos vegetais e produção de biodiesel. Segundo nota do banco, a usina terá capacidade de produção de 36 mil metros cúbicos/ano, localizada no município de Nova Mutum, em Mato Grosso.A nova unidade, ainda de acordo com a nota, irá contribuir com a diversificação da matriz energética e, ao utilizar etanol e oleaginosas como insumos, produzirá combustível 100% renovável e menos poluente. Segundo o banco, as matérias-primas a serem utilizadas no projeto (soja, girassol e caroço de algodão) "são abundantes" na região de influência da Tauá (MT).

Jacqueline Farid

15 de julho de 2007 | 11h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.