BNDES financiará compra de aviões da EMBRAER pela Argentina

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, confirmou nesta sexta-feira uma negociação para financiar a aquisição de aeronaves da Embraer pelas Aerolíneas Argentinas.

REUTERS

20 de março de 2009 | 12h57

"O valor é algo entre 600 e 700 milhões (de dólares)", disse Coutinho a jornalistas em São Paulo. "Todos sabemos que a situação da Aerolíneas é difícil. É preciso uma garantia para que a negociação tenha segurança."

Segundo o presidente do BNDES, estão sendo negociadas as garantias para o financiamento.

No ano passado, o governo argentino informou que poderia adquirir aviões da Embraer para as Aerolíneas Argentinas, companhia que estava nas mãos de empresários espanhóis e passou por processo de estatização.

Coutinho também destacou a necessidade de gerar demanda pelas aeronaves da Embraer.

"É preciso gerar demanda para que a empresa tenha melhores condições de manutenção e expansão de seus empregos", disse.

A Embraer anunciou no mês passado a demissão de 4.200 funcionários, o equivalente a 20 por cento dos empregados da fabricante de aeronaves. A empresa alegou redução de encomendas diante da crise financeira global.

(Reportagem de Carmen Munari)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASEMBRAERARGENTINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.