Pilar Olivares/Reuters
Pilar Olivares/Reuters

BNDES pode ampliar prazos de financiamentos para empresas

Dyogo Oliveira salientou ainda que o BNDES está cheio de 'dinheiro e vontade de emprestar'

Eduardo Laguna, O Estado de S.Paulo

18 Maio 2018 | 11h07

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, informou nesta sexta-feira, 18, que o banco de fomento está avaliando ampliar os prazos de seus financiamentos com o objetivo de dar maior folga ao capital de giro das empresas. 

+ BNDES lucra R$ 2 bi no primeiro trimestre, cinco vezes mais que em 2017

"Poderemos anunciar em breve", disse Oliveira durante seminário nesta manhã na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), ao revelar que o banco está revisando o tempo dado às empresas para pagamento de seus empréstimos.

+ BNDES antecipará cronograma de pagamentos de R$100 bi ao Tesouro, diz Temer 

A uma plateia formada por empresários e executivos do setor industrial, Oliveira salientou que o BNDES está cheio de "dinheiro e vontade de emprestar". "Não se assustem se o BNDES te ligar para oferecer oportunidades", declarou o presidente do banco.

Apesar das críticas de empresas à Taxa de Longo Prazo (TLP), que está embutida nos juros do banco, Oliveira, que, antes de assumir o BNDES, era ministro do Planejamento e participou da criação da TLP, sustentou que a taxa de 6,7% ao ano é "muito boa" e viável para a maioria dos projetos. Nesse ponto, observou que a taxa antecessora da TLP, a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), estava há muitos anos a 7%.

"Vivemos período da era do juro alto. Voltaremos a ter a era do juro baixo", declarou Oliveira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.