BNDES recebe garantias da PDVSA para refinaria de Pernambuco

Petroleira venezuelana entregou ao banco as garantias exigidas para tomar sua parte no financiamento de R$ 10 bilhões concedido à Petrobras para a construção da Refinaria Abreu e Lima

Kelly Lima, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 21h23

A petroleira venezuelana PDVSA entregou ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) as garantias exigidas para tomar sua parte no financiamento de R$ 10 bilhões concedido à Petrobras para a construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

A participação da PDVSA no financiamento era condição sine qua non para que a companhia confirmasse sua sociedade no empreendimento na proporção de 40% do empreendimento. Segundo informação do BNDES a garantia foi apresentada "esta semana". O banco agora vai fazer a avaliação dos documentos, mas não divulgou se há ou não um prazo específico para esta análise.

Esta semana, o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, havia afirmado que o dia 30 de setembro (amanhã) seria o prazo final para que Venezuela manifestasse sua intenção de manter a sociedade. Ele também afirmou que não teria novo adiamento neste prazo, como já havia acontecido por duas vezes.

Tudo o que sabemos sobre:
BNDESPDVSAPetrobrásAbreu Lima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.