BNDES será parceiro de empresas em privatização na Europa

Segundo o ministro Aloisio Mercadante, devem aparecer grandes oportunidades para empresas brasileiras nesse cenário

Ricardo Leopoldo, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 17h48

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloisio Mercadante, afirmou nesta quarta-feira, 26, que as empresas brasileiras devem aproveitar as oportunidades de expansão internacional com a crise na Europa, especialmente em processo de privatização em Portugal, Itália e Espanha.

"Seguramente o BNDES estará pronto para apoiar", afirmou, referindo-se à possibilidade mencionada por ele de que o BNDES deverá ser parceiro de empresas que participarem da compra de outras companhias na Europa via privatização. "O calendário vai ser rápido e, num momento como esse, aparecem grandes oportunidades para empresas brasileiras, que começam a olhar isso como cenário importante."

"O ministro de Relações Exteriores da Itália me disse que o programa daquele país deve envolver um montante próximo a 100 bilhões de euros", afirmou. Mercadante também dispõe de informações de que a Espanha vai vender empresas estatais.

Tudo o que sabemos sobre:
bndeseuropamercadante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.