BNDESPar deterá 10% do capital da Progen Projetos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do seu braço de participações acionárias, a BNDESPar, aprovou operação de subscrição de ações da Progen Projetos Gerenciamento e Engenharia, informou o banco de fomento, por meio de nota, nesta terça-feira, 12. Desta forma, a BNDESPar passará a deter 10% do capital da empresa nacional de engenharia consultiva, gerenciamento e implantação de projetos industriais sediada em São Paulo.

EULINA OLIVEIRA, Agencia Estado

12 de novembro de 2013 | 13h56

Segundo o BNDES, o aporte de recursos permitirá à Progen diversificar seus negócios, passando a atuar também nos segmentos de infraestrutura, mobilidade urbana e papel e celulose. Atualmente, as atividades da Progen são focadas nos segmentos de mineração e logística.

O banco destaca também que esta é a primeira operação de participação acionária da BNDESPar em uma empresa de serviços de engenharia consultiva. "As empresas de engenharia consultiva são elo fundamental na geração e disseminação de soluções tecnológicas no País, pois são responsáveis pelas especificações técnicas dos projetos e dos equipamentos", diz o BNDES, no comunicado.

A operação foi estruturada pela Área de Capital Empreendedor (ACE) do BNDES, que conta atualmente com uma carteira de 35 empresas investidas diretamente. Desse total, duas empresas, Linx e Senior Solution, já realizaram oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) no Novo Mercado da BM&FBovespa. Outras três empresas - Nortec, CAB e Altus - foram listadas no Bovespa Mais.

Tudo o que sabemos sobre:
BNDESParProgen Projetos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.