Boeing Dreamliner realiza voo inaugural após 3 anos de atraso

Apesar de não ser nem a mais rápida e nem a maior aeronave do mundo, a companhia espera que o novo modelo mude a concepção de viagem aérea dos passageiros

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 16h13

A bordo do voo 7871, 26 - O aguardado voo inaugural do Boeing 787 ocorreu hoje, em uma celebrada viagem de quatro horas e oito minutos entre Tóquio e Hong Kong. O jato, que recebeu o apelido de Dreamliner, não é o maior nem o mais rápido avião do mundo, mas a fabricante norte-americana de aeronaves espera que seu novo modelo mude a concepção de viagem aérea dos passageiros.

O Dreamliner possui janelas mais amplas que os outros aviões, iluminação melhor e pressão e umidade internas mais próximas das condições em solo. Além disso, a aeronave é construída com materiais mais leves, o que pode melhorar consideravelmente a eficiência no consumo de combustível.

O voo inaugural teve os assentos ocupados por 240 jornalistas especializados em aviação e entusiastas, alguns dos quais chegaram a pagar milhares de dólares pelo privilégio de estar no avião em sua primeira viagem com passageiros a bordo.

"É uma coisa boba, mas é um pedacinho da história. Carros novos são lançados o tempo todo, mas quando são lançados novos modelos de aviões?", questiona Stephanie Wood, uma norte-americana que mora na Flórida. Ela e seu marido, Dean, compraram suas passagens em um evento de caridade por US$ 18.700. Outro passageiro contou ter pago US$ 32.000 para estar no voo inaugural do Dreamliner.

A característica mais marcante do Dreamliner é o tamanho das janelas, aproximadamente 30% maiores em relação a outros modelos da Boeing. O avião de US$ 193,5 milhões teve seu voo inaugural adiado por mais de três anos por conta de problemas constatados na fabricação do modelo.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
BOEINGvooBoeing 787inaugural

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.